João Guimarães Rosa

Frases selecionadas de João Guimarães Rosa

• A morte de cada um já está em edital. Guimarães Rosa

• Para trás, não há paz. Guimarães Rosa

• Quem quer viver, faz mágica.Guimarães Rosa

• Quem espera, está vivendo. Guimarães Rosa

• Rir, antes da hora, engasga. Guimarães Rosa

• Merece de gente aproveitar, o que vem e que se pode, o bom da vida é só de chuvisco. Guimarães Rosa

• O mundo não muda, nunca, só de hora em hora piora.Guimarães Rosa

• A primeira coisa, que um para ser alto nesta vida tem de aprender, é topar firme as invejas dos outros restantes. Guimarães Rosa

• Amar não é verbo; é luz lembrada. Guimarães Rosa

• Trabalho não é vergonha, é só uma maldição. Guimarães Rosa

• Os olhos… são a porta do engano. Guimarães Rosa

• Devagar também é pressa Guimarães Rosa

• Querer-bem não tem beiradas. Guimarães Rosa

• Até hoje, para não se entender a vida, o que de melhor se achou foram os relógios. Guimarães Rosa

• … o mais fundo de meus pensamentos não entende minhas palavras.Guimarães Rosa

• Viver é ver as bobagens que inté o dia de ontem a gente fez. Guimarães Rosa

• Se diz… que a gente troca de sombra, por volta dos quarenta, quando alma e corpo revezam o jeito de se compenetrar. Guimarães Rosa

• … pela língua começa a confusão.Guimarães Rosa

• O sol não é os raios dele – é o fogo da bola. Guimarães Rosa

• Tropeçar também ajuda a caminhar. Guimarães Rosa

• Amizade dada é amor. Guimarães Rosa

• Um bom amigo vale mais do que uma boa carabina. Guimarães Rosa

• Nós todos viemos do inferno: alguns ainda estão quentes de lá. Guimarães Rosa

• Para não nascer, já é tarde: para morrer, inda é cedo. Guimarães Rosa

• A farinha tem seu dia de feijão. Guimarães Rosa

• … para bezerro mal desmamado, cauda de vaca é maminha. Guimarães Rosa

• Amor é assim – o rato que sai dum buraquinho: é um ratazão, um tigre leão!Guimarães Rosa

• Ninguém é doido. Ou, então, todos. Guimarães Rosa

• Raiva tampa o espaço do mêdo, assim como do mêdo raiva vem. Guimarães Rosa

• A gente só sabe bem aquilo que não entende. Guimarães Rosa

• Só se pode viver perto de outro, e conhecer outra pessoa, sem perigo de ódio, se a gente tem amor. Guimarães Rosa

• O senhor sabe o que o silêncio é? É a gente mesmo, demais. Guimarães Rosa

• Tudo, aliás, é a ponta de um mistério, inclusive os fatos.Guimarães Rosa

• Sorte é isto. Merecer e ter. Guimarães Rosa

• Tem horas antigas que ficaram muito mais perto da gente do que outras, de recente data. Guimarães Rosa

• Amor é futuro à vista. Guimarães Rosa

• Cada um rema sozinho uma canoa que navega um rio diferente, mesmo parecendo que está pertinho. Guimarães Rosa

• Se todo animal inspira ternura, o que houve, então, com os homens? Guimarães Rosa

• Viver — não é? — é muito perigoso. Porque ainda não se sabe. Porque aprender-a-viver é que é o viver mesmo. Guimarães Rosa

• Quem muito se evita, se convive. Guimarães Rosa

• Enfim, cada um o que quer aprova, o senhor sabe: pão ou pães, é questão de opiniães… Guimarães Rosa

• Sertão é onde manda quem é forte, com as astúcias. Deus mesmo, quando vier, que venha armado! Guimarães Rosa

• Toda saudade é uma espécie de velhice Guimarães Rosa

• A colheita é comum, mas o capinar é sozinho. Guimarães Rosa

• A vida é ingrata no macio de si; mas transtraz a esperança mesmo do meio do fel do desespero. Guimarães Rosa

• Mocidade é tarefa para mais tarde se desmentir. Guimarães Rosa

• Coração de gente — o escuro, escuros. Guimarães Rosa

• Quem sabe do orgulho, quem sabe da loucura alheia? Guimarães Rosa

• Julgamento é sempre defeituoso, porque o que a gente julga é o passado. Guimarães Rosa

• Querer o bem com demais força, de incerto jeito, pode já estar sendo se querendo o mal por principiar. Guimarães Rosa

• O amor? Pássaro que põe ovos de ferro. Guimarães Rosa

• Manter firme uma opinião, na vontade do homem, em mundo transviável tão grande, é dificultoso. Guimarães Rosa

• A vida é muito discordada. Tem partes. Tem artes. Tem as neblinas de Siruiz. Guimarães Rosa

• É preciso sofrer depois de ter sofrido, e amar, e mais amar, depois de ter amado. Guimarães Rosa

• Felicidade se acha é em horinhas de descuido. Guimarães Rosa

• Quanto mais ando, querendo pessoas, parece que entro mais no sozinho do vago… Guimarães Rosa

• Eu sei que quem ama é sempre muito escravo, mas não obedece nunca de verdade. Guimarães Rosa

• Para ódio e amor que dói, amanhã não é consolo. Guimarães Rosa

• Amor desse, cresce primeiro; brota é depois. Guimarães Rosa

• Mire veja: o mais importante e bonito, do mundo, é isto: que as pessoas não estão sempre iguais, ainda não foram terminadas. Guimarães Rosa

• Viver é negócio muito perigoso. Guimarães Rosa

• O real não está na saída e nem na chegada, está na travessia. Guimarães Rosa

• Esperar é reconhecer-se incompleto. Guimarães Rosa

• Suspiro rompe parede, rompe peito acautelado; também rompe coração, trancado e acadeado… Guimarães Rosa

• Eh, mundão! Quem me mata é Deus, quem me come é o chão! Guimarães Rosa

• Saudade é ser, depois de ter. Guimarães Rosa

• Como é que a gente sabe certo como não deve de fazer alguma coisa, mesmo os outros não estando vendo? Guimarães Rosa
• Vivendo, se aprende; mas o que se aprende, mais, é só a fazer outras maiores perguntas.Guimarães Rosa

• Qualquer amor é um pouquinho de saúde, um descanso na loucura.Guimarães Rosa

• As pessoas não morrem, ficam encantadas. Guimarães Rosa

• Eu espio a lua, que fico querendo pensar muitas coisas de uma vez, as coisas todas… Guimarães Rosa

• Mas às vezes eu queria avistar o mar, só pra não ter uma tristeza… Guimarães Rosa

• Vou ensinar o que agorinha eu sei, demais: é que a gente pode ficar sempre alegre, mesmo com toda coisa ruim que acontece acontecendo. Guimarães Rosa

• Infelicidade é questão de prefixo. Guimarães Rosa

• Amigo, para mim, é só isto: é a pessoa com quem a gente gosta de conversar, do igual o igual, desarmado. Guimarães Rosa

• Os passarinhos são assim, de propósito: bonitos não sendo da gente. Guimarães Rosa

• Eu às vezes tenho uma saudade de uma coisa que eu não sei o que é, nem de donde, me afrontando… Guimarães Rosa

• Eu não sei quase nada, mas desconfio de muita coisa. Guimarães Rosa

• Mestre não é quem sempre ensina, mas quem de repente aprende. Guimarães Rosa

• O amor é sede depois de se ter bem bebido. Guimarães Rosa

• A vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem.Guimarães Rosa

3 respostas em “João Guimarães Rosa

  1. • Mãe, o que é que é o mar, Mãe? Mar era longe, muito longe dali, espécie duma lagoa enorme, um mundo d´água sem fim, Mãe mesma nunca tinha avistado o mar, suspirava. “Pois, Mãe, então mar é o que a gente tem saudade?. Guimarães Rosa

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s