Luís Fernando Veríssimo-Frases

 16 Frases -Luís Fernando Veríssimo

Luis Fernando Veríssimo (Porto Alegre, 26 de setembro de 1936) é um escritor brasileiro, filho do também escritor Érico Veríssimo. Produz textos de humor em jornais brasileiros e em livros com crônicas humorísticas e geralmente bem curtas, como em O Analista de Bagé.

Amigos o definem como uma pessoa que fala escrevendo, e escreve muito bem. Mas, além de escritor, ele ainda é jornalista (colunista e copy desk), publicitário, humorista, cronista, cartunista e tradutor.

Seus amigos de verdade amam você de qualquer jeito.
Luís Fernando Veríssimo

Mas eu desconfio que a única pessoa livre, realmente livre, é aquela que não tem medo do ridículo
Luís Fernando Veríssimo

Quando a gente acha que tem todas as respostas,
vem a vida e muda todas as perguntas …
Luís Fernando Veríssimo

“A vida é a arte de tirar conclusões suficientes de dados insuficientes”
Luís Fernando Veríssimo

“O mundo é como um espelho que devolve a cada pessoa o reflexo de seus próprios pensamentos.
A maneira como você encara a vida é que faz toda diferença.”
Luís Fernando Veríssimo

A verdade é que a gente não faz filhos. Só faz o layout. Eles mesmos fazem a arte-final.
Luís Fernando Veríssimo
 
No Brasil o fundo do poço é apenas uma etapa.
Luís Fernando Veríssimo
 
 
Nunca usei bombacha, não gosto de chimarrão e nem de me lembrar da última vez que subi num cavalo. Aliás, o cavalo também não gosta.
Luís Fernando Veríssimo
 
Brasil: esse estranho país de corruptos sem corruptores.
Luís Fernando Veríssimo

“Hay mil regras pra comer, mas nenhuma pra cagá!”
Luís Fernando Veríssimo

Você é o seu sexo. Todo o seu corpo é um órgão sexual, com exceção talvez das clavículas.
Luís Fernando Veríssimo

A sintaxe é uma questão de uso, não de princípios. Escrever bem é escrever claro, não necessariamente certo. Por exemplo: dizer “escrever claro” não é certo mas é claro, certo?
Luís Fernando Veríssimo
 
Às vezes, a única coisa verdadeira num jornal é a data.
Luís Fernando Veríssimo
 

Com esse negócio de clonagem, já estou me sentindo um disco de vinil.
Luís Fernando Veríssimo
 

É “de esquerda” ser a favor do aborto e contra a pena de morte, enquanto direitistas defendem o direito do feto à vida, porque é sagrada, e o direito do Estado de matá-lo se ele der errado.
Luís Fernando Veríssimo

Quando o casamento parecia a caminho de se tornar obsoleto, substituído pela coabitação sem nenhum significado maior, chegam os gays para acabar com essa pouca-vergonha.
Luís Fernando Veríssimo


Compare preços de Veríssimo no Buscapé.

           


Anúncios